Category Archives: Estácio de Sá

Mkt Eletrônico – Princípios Básicos

Abaixe o PPT com a parte inicial dos princípios básicos do marketing eletrônico

Marketing Eletrônico

Anúncios

8 percepções sobre telejornalismo

Via @Lucasdevitta

Retirado de Folha OnLine – Blogs

Muito útil o texto enviado pela leitora Juliana, de Beagá, sobre o que aprendeu em seus sete meses de estágio em TV. Até porque nem a Ana nem eu nunca trabalhamos em TV e, por isso, não falamos com muita frequência sobre esse mundo aqui no blog. É mais um aprendizado para todos nós, de forma muito bem-humorada Bem humorado

Segue a leitura:

Textos simples

Sabe aquela frase que a maioria de nós, alguma vez na vida, já falou ou vai falar? “Eu tenho um texto bom, todos os professores que eu já tive na vida me elogiaram e a minha mãe acha que eu sou o Machado de Assis reencarnado.” Ela não se aplica tanto à TV. Quer dizer, você precisa saber se expressar bem, mas deve esquecer a paixão às frases repletas de palavras pomposas e até indecifráveis. Deve entender que o simples também pode ser bonito. E que ninguém conta algum fato para um amigo, por exemplo, usando “todavia” ou “lesões subcutâneas”. (Tá, esta última foi mérito meu na semana passada. Faz parte).

Versatilidade

Você precisa entender que existem vários tipos de textos, e que precisará passar de um para o outro em vinte segundos. Escreveu as cabeças da reportagem? Pronto, agora reescreva mais elaboradamente e mande o release com a programação para os veículos impressos. A informalidade, nesta hora, não pode ser exagerada.

Aproveite o tempo

O tempo é relativo. Faltam dois minutos ainda para começar alguma coisa? Ótimo, dá tempo de tomar banho, lanchar e ler “Grande Sertão: Veredas”. Duas vezes. A verdade é que, quando algo é ao vivo e factual, a correria é tanta que dois minutos de sobra é a mais profunda expressão da paz interior. Isto não se aplica, é claro, a dois minutos de “buraco” na programação. É preciso ser muito rápido para inventar alguma coisa para preencher o espaço, que não tenha a ver com, sei lá, conversa sobre o tempo e conseguir transmitir algo com qualidade.

Pensar em equipe

Um por todos e todos por um. Nada de ser mimado e achar que o seu belo texto vai segurar a matéria ou que as imagens que você pensou não precisam de complementos. Pense sempre que tudo deve estar em harmonia. É preciso pensar como um todo. Vai ficar tudo bem se você conseguir enxergar tudo antes de ser feito e nos detalhes enriquecedores.

O trabalho do produtor

O serviço do produtor é gratificante. Acho que dá para ter um pensamento muito legal nas funções “atrás das câmeras”. O produtor pensa a pauta, apresenta, escreve, combina com as fontes, sugere imagens e perguntas. Um texto legal na pauta é bem aproveitado pelo repórter. E mesmo que você não vá para a rua e apareça na televisão, o seu trabalho é visto sempre. É a maneira de se mostrar presente, de registrar seus pensamentos. E quando o repórter te fizer raiva, elabore uma pauta com “povo fala” sobre plástica. Peça que ele pare as pessoas na rua e pergunte se elas gostariam de fazer plástica. =). Tá, isto não.

O trabalho do repórter

Ser repórter também é legal. Quer dizer, eu não sou, mas acho que é legal, porque eu já fui a “mão que segura o microfone” algumas vezes. Você pode pensar além da pauta, tentar sempre ver os detalhes, registrar algo que somente quem está vendo consegue entender a relevância. A conversa com as fontes e o contato com as pessoas na rua é essencial para entender o que as pessoas pensam e trabalhar por elas.

Parte técnica

A parte técnica é interessantíssima. Dirigir um programa ao vivo é muito bom. É preciso agilidade para pensar em colocações, inserir notas de última hora e escolher rapidamente qual matéria derrubar se uma entrevista exceder. Além disso, você aprende como o áudio é importante e como trabalhar com ele. O posicionamento das câmeras diz muito também. E você vê como elas são controladas e o porquê. Tudo, tudo na TV parece falar alguma coisa. E, de fato, fala.

Voz de bebê

Para quem não tem uma voz muito bacana, procure um fonoaudiólogo. Eu vim a descobrir isso há pouco tempo, mas esta questão é muito importante para quem quer seguir carreira. A minha voz é semelhante à de uma criança de cinco anos ou de quem conversa com uma criança de cinco anos. Parece que a todo momento eu vou falar “olá amiguinhos” ou pedir para a fonte contar alguma coisa para a “tia aqui”. Invista nisso, na postura e na forma como se apresenta. Este é só um conselho de quem presencia as coisas mesmo e que foi descobrir “mais tarde” alguns fatores importantes. Eu teria me preparado mais neste sentido.

Escrito por Ana Estela de Sousa Pinto às 18h49

Como elaborar um bom briefing

Briefing para a criação do site de um museu português. Valeria para qualquer peça ou campanha.

III Festival do Meio Minuto

Aproveitem a oportunidade para participar do maior prêmio universitário de publicidade de JF. Serão três categorias, todas ligadas às novas tecnologias. Adicionem @Festmeiominuto

Informações III FESTIVAL MEIO MINUTO

CATEGORIAS

– Rádio – 30″ | Esquete|Jingle|Testemunhal|

– TV – 30″ |Institucional|Varejo|Teaser|Transmídia*

– Mídia Indoor Interna – restrição de áudio – 30″

#Caríssimos, trabalhem as linguagens que cada veículo tem como característica fundamental.

* Acho possível criar vts que não se restrinjam à TV, principalmente, de massa. É possível segmentar o conteúdo, inclusive criando laços com outros ambientes. O exemplo abaixo tem 1´, mas vale para a identificação dessa ideia.

[Youtube=http://www.youtube.com/watch?v=O8PBPj4T_vY]

Mandem Ver!

Divulgação de Evento com Conteúdo

Convite eletrônico para show sem gritar no ouvido de ninguém, pelo contrário!

Exercício – E-mail Marketing

Entrega: até a véspera da primeira aula da próxima semana – via e-mail joaopaulopaes@yhaoo.com.br

Enviar E-mail Marketing do blog pessoal para os contatos e para o endereço acima – Tentar enviá-los em CCO – cópia oculta.

Dicas:

Para monitorar o acesso ao link enviado por e-mail, vá ao site MIGRE.ME – coloque o endereço do seu blog na caixa que aparece abaixo:

Copie e cole o novo endereço como hiperlink no texto que enviará por e-mai.

Ex.: … Acesse Let It Beatnik

ÍCONE ASSOCIADO A LINKS – há alguma ou outra variação, dependendo do editor de texto, mas sempre temos a correntinha e/ou o globo terrestre.

Escolher um dos três exemplos abaixo, reescrevendo-o (enviar por e-mail):

– CLIQUE NA IMAGEM PARA VISITAR O BLOG ANUNCIADO – TODOS ESTÂO SEM ASSUNTO – PRECISA SER CRIADO!

Exemplo 01: Stencil Art - Graffiti - http://stencilart.blog.com

Exemplo 02 - LET IT BEATIK Literatura - http://jackerouac.wordpress.com

Exemplo 03: A Corneta Diária - futebol - http://corneta-diaria.blogspot.com

– Quem já enviou o e-mail de divulgação do blog, verificar se devem ser feitas alterações

Briefing Agências Experimentais

Briefing

Criação de agência experimental de comunicação baseada na internet

A partir do plano de comunicação para a criação de uma agência experimental, criar blog com informações institucionais, da empresa, do nicho e dos membros, bem como formas de contato do público com a própria agência – dados e perfis em redes sociais.

As atuais ferramentas de comunicação permitem que todos que possuem acesso tenham seus nós na grande rede digital. Como a vida “real” está completamente conectada com virtual, a prática da comunicação, seja ela institucional, comercial, acadêmica ou casual, pode ser muito bem aplicada através de ferramentas gratuitas oferecidas na Web. Exemplos:

WordPress.com – Um site com características de blog – É UMA MÍDIA, pois expõe para a sociedade, informações provenientes de uma fonte (o usuário).

Twitter.com – Microblog, onde a informação circula através de recomendação de usuários que podem ser indivíduos, grupos, personagens ou empresas. É UMA MIDIA

facebook.com – rede social que agrega indivíduos, grupos, personagens, empresas e outras categorias e permite se compartilhar e recomendar informações em texto, vídeo, fotos, imagens, links etc.

– Os membros dos grupos devem corresponder às seguintes funções – podem acumular:

– Atendimento e planejamento:  prospecção e estratégias

– Criação: Redação, promoções e Design

– Produção: planejamento de ações, controle de qualidade

– Analista de redes sociais: regulador dos perfis da empresa, posts no blog

PRAZO DE APRESENTAÇÃO COM 5 POSTS  E UM CLIENTE (entra com banner no site e citações no twitter/facebook) – definido por turma

PRAZO DE REALIZAÇÃO DE AÇÃO DE LANÇAMENTO – definido por turma

Plano de Comunicação para Agência Experimental

Descreva o que é a agência experimental e o que ela representa – responda como se ela fosse uma empresa de serviço. Caso tenham dúvidas procurem no Google o institucional de agências locais ou nacionais. Há um post no blog – jfblogs.wordpress.com que traz os links das agências locais. http://migre.me/1H1xN – existe também uma nova agência , a Buena Vista, segue o link: http://migre.me/1H1DK.

O objetivo geral é aperfeiçoar a prática de empreendedorismo através das oportunidades oferecidas pelas ferramentas de comunicação da WEB. Uma agência precisa de um escritório. Os blogs podem sê-lo.

 

1)       Nome:

2)       Categoria (s) – Nicho(s) de Mercado(s) – Aqui responda em qual área a agência atuará, tanto do marketing quanto da Sociedade de Informação & Consumo – Escolher dentro do mercado de serviços, um segmento para se especializar. Exemplos:

Publicidade | Esportes convencionais – radicais – inusitados | Política nacional – de base – conscientização | Informação análise e distribuição | Variedades |  Cultura e Entretenimento – cinema – TV – música – teatro – dança | Consumo – carros – casas – coisas – livros – poemas – ferramentas – locais de consumo – restaurantes | Religião | Esoterismo |

Outros exemplos:

(móvel/calçados/construção/informática etc):

 

Cada um desses mercados possui um tipo de CONHECIMENTO e de pessoas que querem se informar sobre. A agência será uma das partes, a que alimenta de conhecimento o público consumidor. A partir daí, poderá atrair empresas e pessoas que precisam se comunicar com esse público. Além disso, poderá forma uma parceria, criando conteúdo no blog da agência, além de auxiliando a construção de identidade do cliente na web – blog, Twitter, Facebook e Orkut.

 

3)       Descreva suas principais características – quais tipos de estratégias e ações a agência pode desenvolver – Propaganda, Promoção, Relações Públicas, Assessoria Web – analista de mídia social, Mídias Alternativas, Marketing de Guerrilha, Marketing Direto, Social, Cultural etc.

4)       Linguagens (logo, layout, texto, Imagens, fotos, vídeos institucionais, virais, slides, enquetes, links, mídias sociais)

5)       Locais de uso – como o cliente pode utilizar os serviços da agência:

6)       Formas de uso e de consumo, por escala de importância:

7)       Preços ao canal de distribuição e ao consumidor – serviços gratuitos!

8)       Matérias-primas e componentes principais – quais conteúdos podem ser abordados?

9)       Qual a imagem que a agência poderá ter no mercado? Justifique.

10)   Quais as características que apontam a agência como inovadora?

11)   Quais os principais mercados para a agência?

12)   Quem consome o produto/serviço desse mercado e da agência?

13)   Quem decide a compra do produto/serviço?

14)   Quem consome/usa o produto/serviço. Sexo, classe econômica, faixa etária, nível de escolaridade, estado civil, número de filhos e ocupação profissional.

15)   Por que o consumidor compra este produto?

16)   O público é massificado ou específico? Explique:

17)   As razões de compra são racionais ou emocionais?

18)    Em que local o conteúdo é consumido?

19)   Como será feita a distribuição deste conteúdo online e offline?

20)   Quais são os canais de comunicação pelos quais o produto será anunciado? Justifique.  (Web/Redes Sociais Etc)

21)    De que forma ele será anunciado (propaganda institucional/promoção de varejo/relações públicas/ vendedores diretos/) ?

22)   Como será a promoção de lançamento? Online e Offline.

23)   Quais os principais pontos positivos deste produto/serviço?

24)   Quais os principais pontos negativos deste produto/serviço?

25)   Qual é o posicionamento – o que o consumidor e o produtor pensam sobre o produto/serviço a ser comunicado?

26)   Quais os pontos positivos que podem ser ressaltados de forma secundária na comunicação do produto/serviço?

27)   Quais os pontos negativos que devem ser evitados na comunicação?

28)   Qual é o fator principal que conduz à necessidade da criação de uma campanha?

29)   Qual é a verba para veiculação do produto?

30)   Quais as peças que devem ser desenvolvidas, tamanhos e respectivas quantidades?

31)   Faça uma lista rigorosa de tipos de empresas que fazem parte do nicho de mercado e relacione uma lista com potenciais clientes – empresas locais que poderiam se enquadrar  nesse nicho.

Ex.: Nicho: MEDICINA

Empresas/Instituições/Interessados:

– Hospitais, Clínicas, Laboratórios, Faculdades, Profissionais da Saúde, Órgãos estatais, Pacientes

– Monte Sinai, Santa Casa de Misericórdia, João Penido, Albert Sabin

Etc

Incorporar vídeos aos posts

O WordPress permite que você incorpore às mensagens vídeos locados no YouTube, Google Videos e outras ferramentas do gênero. Para colocar um vídeo do YouTube no corpo do seu texto basta copiar o link do mesmo, clicar no botão marcado

Vá em “Inserir URL” e cole o endereço do YouTube.

RESULTADO:

Etapas para a construção de um Blog

Válidas para blogs WordPress.com

1 – Crie Nome/Título, Domínio e Descrição

  • O domínio é permanente, título e descrição, não.
  • Pense no porquê deste blog. Qual é o seu intuito. Quais áreas do conhecimento quer abordar – isso ajuda na escolha do nome.

2 – Escolha um tema (template/layout) – Coluna à esquerda – `Aparência/Tema´

  • Cada tema tem sua peculiaridade e pode ou não modificar cor/fundo cabeçalho, etc.
  • Pense no assunto abordado pelo blog e a relação com a possível identidade visual.

3 – Crie uma página insticional, explicando o que é o blog, o que pretende com o mesmo; Crie também uma página sobre você, seu perfil.

Comando: Coluna à esquerda – ‘Páginas/Adicionar Nova’ e/ou ‘Páginas’ editar ‘About’ (página criad automaticamente pelo wordpress.com)

4 – Crie os três primeiros posts

  • Os posts podem conter textos, vídeos, fotos, imagens, links e outros conteúdos.
  • Cada mensagem (post) deve corresponder a uma ou mais Categoria – Corresponde a grandes tópicos do blog.

Ex1: Blog de Música – Categorias – Rock/Alternativo/Reggae/Jazz

Ex2: Blog de Esportes – Categoria – Futebol/F1/Volei/Basquete

  • Cada mensagem pode ser etiquetada com ‘tags’ – palavras-chaves que relacionam diretamente com o conteúdo do texto. São expressões utilizadas especificamente em cada post.

Ex.: Post sobre jogo de futebol. Tags: Times, Estádio, Campeonato, Goleadores, etc

5 – Crie 10 links

Comando: Coluna à esquerda – Links/Adicionar Novo

Crie uma categoria de link geral ou divida seus links em vários segmentos.

Exemplos de categorias de links: Blogs (Links para Blogs); Sites (Links para sites); Amigos (link para blogs/sites de amigos).

Após criação das categorias e dos links, vá em Aparência/Widgets e arraste a barrinha “links” da coluna central para área de widgets do canto direito do painel de controle. Veja a figura abaixo: